QUEM SOMOS

               Somos um grupo formado por pessoas da comunidade, com princípios cristãos de amor e ajuda ao próximo, que estão dispostas a

fazer "diferença" numa sociedade voltada cada vez mais para a indiferença e o individualismo; por voluntários de várias categorias profissionais que acreditamos nas 'pequenas grandes ações' que revolucionam vidas e mudam histórias individuais e coletivas.

             Um grupo aberto, portanto, acolhemos pessoas de idade, sexo, classe social diferentes; é um grupo dinâmico, com atividades

Saída para uma ação social

diferentes em cada reunião (conforme a proposta do profissional voluntário).

                  A participação de todos é gratuita e voluntária. Não há pagamento de inscrições ou taxas.

                  Reina em nosso meio o espírito do amor e da liberdade.

O QUE FAZEMOS

Trabalhamos com duas frentes:

1. Palestras e dinâmicas de grupo voltadas à cura emocional dos participantes.

               As palestras são divulgadas previamente e cada uma delas é dirigida por um profissional escolhido pela coordenação do Ombro Amigo. Pode ser de uma das diversas áreas de atuação ligadas à saúde física, mental e/ou espiritual (psicólogos, psicanalistas, músicos, contadores de histórias, médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, etc.).
               O público alvo: pessoas da comunidade, sem discriminação de idade, religião, sexo ou nível sociocultural.

Dinâmica de grupo em uma das reunições

               A "MÃO AMIGA" é uma forma de estimular a prática da solidariedade: cada um dos participantes de voltar-se para a necessidade do outro através de atos virtuosos e caritativos, tais como: telefonemas durante a semana, bilhetes, lembrancinhas, serviços diversos, etc.

2. Ações sociais em comunidades carentes.
            O "VESTIR" consiste na doação de roupas e objetos diversos a serem vendidos nas ações sociais à comunidade a preços simbólicos. Os recursos arrecadados são revertidos em benefício do grupo (aquisição de pastas e escovas de dente, cópias, lanches, presentes...).

        A participação nas ações sociais é livre e voluntária. Não há, portanto, remuneração por serviços prestados.

             Todo que desejar compartilhar seus dons e talentos com outros pode fazê-lo e a criatividade fica a critério de cada um (Exemplo: aulas de confecção de bijuterias, aulas de reforço escolar, cortes de cabelos, recreação infantil).

Ação social em Juvenília - MG

            Nas ações sociais, os pacientes, após o atendimento médico, recebem o medicamento em uma farmácia improvisada. Dentistas dão instruções aos pais e às crianças sobre higiene bucal e, em seguida, as crianças são direcionadas à aplicação de flúor. Cada criança recebe uma escova nova e um tubo de pasta de dente. NADA é cobrado pelo atendimento.

                    Em ações sociais maiores, quando a prefeitura da cidade onde a ação ocorre cede o posto de saúde, há tratamento odontológico o mais completo, não apenas profilático.

Número de pessoas que visitaram esta página: